terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Esmalte branco perolado


Aprenda a fazer a misturinha com esmaltes nacionais para chegar à uma tonalidade semelhante ao Pearl Drop, da Chanel



Sabe aquele esmalte cintilante clarinho que você sempre desprezou e deixou de lado dentro da caixinha de manicure por achar que se parece com o que sua avó adora pintar as unhas? Parece que o momento é de dar uma nova chance à ele.

O acabamento cintilante nos esmaltes, que passou muito tempo sendo considerado cafona e totalmente fora de moda, agora está super em alta.
Tudo porque a Chanel, grife conhecida por lançar tendências em cores de esmaltes a cada temporada – lembram do Jade (verde com tom pastel), Riva (azul claro), Graphite (cinza com micro-brilhos) e o Mimosa (amarelo suave)? – apresentou em seu desfile na Semana de Moda de Paris um esmalte branco perolado que deu o que falar.
branco perolado da Chanel logo se transformou em tendência para o verão e há quem diga que ele será hit também no inverno.
Quem ainda não tem coragem de usar unhas com efeito metálico ou cromado, pode usar o cintilante sem medo. O Chanel 511 – Pearl Drop deixa as unhas delicadas e com um brilho discreto. É ótimo para quem adora ser discreta, porém gosta de esmaltes com um toque a mais.

Nossa versão

Inspiradas por essa tendência lançada pela Chanel, resolvemos testar uma misturinha com esmaltes nacionais para chegar à uma tonalidade semelhante ao Pearl Drop. Nossas escolhas foram o conhecidíssimo Bianco Puríssimo como base e, para dar o toque cintilante perolado, misturamos oPlatino ambos da Risqué.
O resultado fica bem interessante, um clarinho nada sem graça. A dica vale para quem gosta de experimentar novidades ou precisa manter as unhas com esmaltes mais sóbrios no dia-a-dia.
Uma outra opção de misturinha que chega a um efeito próximo ao esmalte famoso é usar Leite de Coco + Pérola, os dois da Colorama. Basta aplicar apenas uma camada da cor base (Leite de Coco) e outra do esmalte com efeito perolado (Pérola).
E aí, será que a moda do esmalte cintilante veio para ficar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário